Olá!

Aqui você encontra vários tipos de textos. São reflexões, introspecções, filosofadas e relatos, tudo sob a luz do mosaico. Desejo inspirar você com a mesma arte que me inspira.

Se quiser conhecer os mosaicos que faço, visite minha fanpage "Lucano Mosaico" no Facebook, onde há fotos de tudo o que já foi feito por mim. :-)

Se deseja adquirir um mosaico, visite minha Loja Online no site Etsy (clique AQUI).

Para entrar em contato comigo basta deixar um comentário aqui no Blog. Você também pode entre em contato pelo e-mail: avertamatti@yahoo.com ou interagir no Facebook.

O que você faz com os restos de pastilhas?

Acho que todo mosaicista costuma guardar o que sobra dos cortes de pastilha de vidro, cerâmica, espelho ou o que quer que seja que tenha usado. Isso acontece porque somos apaixonados pelo material que usamos e só descartamos o que não dá para ser usado de jeito nenhum. Eu sempre guardei meus cotoquinhos e para não virar um caso patológico de acúmulo de cacos, coloquei uma regra para mim. Funciona assim: vou colocando tudo num pote de vidro. Quando ele enche, é hora de usar o que está ali. Simples, terapêutico e colorido.

Na "desova" mais recente dos restos fiz um vasinho pequenininho e um incensário. Veja como ficaram:
No vaso, várias direções proporcionaram várias faces.

No incensário fui no estilo "quebra-cabeça", encaixando cada pedaço sem fazer novos cortes. Faço isso só para ser mais divertido ;-)
O uso dos restinhos sempre resulta em peças alegres e com texturas interessantes. Na decoração, elas não são a atração principal. São o arremate, aquele detalhe especial que faz a amarração de outros elementos, geralmente mais neutros.

Gosto dessa modalidade de trabalho porque é despretenciosa, me remete à máxima de que menos é mais e me faz sentir que não desperdicei nada. Além disso esses restinhos danados rendem muito bem. Meu pote (que um dia foi de mel) estava cheio...

...e ficou pela metade, um pouco menos da metade talvez.

Esse visual não lembra aquele piso de cacos de cerâmica muito comum nas casas construídas antigamente? Sinto um cheiro de infância no ar...

E você? Como costuma usar suas sobras de corte?
_______________________________________

Quem reside em algum país da União Européia, pode conferir o incensário na Loja Lucano Mosaico no Etsy. Vai por AQUI :-)

Os encantamentos da Fada Azul

Quando conhecemos a Gi ela tinha dois anos de idade e há duas semanas tinha transformado dois de nossos amigos mais queridos em pai e mãe. Era uma mistura incrível de sentimentos: muita alegria, muita excitação, muita gratidão e muito amor. Achei que a ocasião pedia um presente. Depois de uma visita frustrada à loja de brinquedos e suas novidades quase apocalípticas estava quase desistindo da ideia. Então, cavocando meu próprio baú de lembranças, achei uma das coisas mais bacanas da minha infância. Num  determinado dia das crianças ganhei da minha tia uma roupa azul de fada, com direito a chapéu e varinha de condão, tudo feito por ela. A roupa de fada era muito mais do que uma fantasia, era uma porta para um mundo de sonhos, de encantos e de intermináveis histórias. Decidido! Seria isso! Entre fantasias de personagens que eu desconhecia totalmente havia também um vestido de fada (azul, com brocados prateados), com direito a chapéu a varinha de condão. Sim, acho que estava escolhendo o vestido para mim, mas acreditei que apesar da nossas infâncias - a dela e a minha - acontecerem em épocas tão distintas, é ainda parecido aquilo que pode transportar uma criança para um mundo mágico.

No dia do nosso primeiro encontro, confesso, eu estava um pouco nervosa. A caixa do vestido era quase do tamanho da Gi. Uma vez vestida, a barra arrastava mais de um palmo no chão, mas ali mesmo a pequenina Fada Azul já começou a fazer seu encantamentos, como nos invadir com muito, muito, muito amor. Depois disso recebemos vez ou outras fotos da Gi não só de fada, mas também de princesa, sereia, caipira, Sininho, Elza, Anna, Chapeuzinho Vermelho e charmosérrima no seu mais novo Dirndl (um traje típico da Bavária). Na última foto que recebi da Fada Azul, a barra do vestido distava quase dois palmos do chão. Foi aí que percebi que estava na hora da Fada avançar nos seus encantamentos.

Não sei se todos sabem, mas uma fada pode dispor de várias ferramentas para realizar seu trabalho. No caso da Gi, ou melhor, da Fada Azul, achei que ela poderia fazer encantamentos mais potentes com uma Garrafa de Encantamentos para Fadas. Aos leigos, explico: trata-se de uma garrafa (encantada, obviamente) onde a fada mistura Pó Mágico de Fada e ativa a poção com Luz de Estrelas. Depois é só usar normalmente onde for necessário. Se ainda não entendeu, vamos ilustrar:
Esta é uma Garrafa de Encantamentos para Fadas.
Estes são os Pós Mágicos de Fadas. Cada um tem uma função específica. A Fada também pode combiná-los entre si para obter diferentes resultados.
Aqui você pode observar uma Poção Mágica já preparada sendo ativada pela Luz de Estrelas. Voilá! O Encantamento está pronto para ser usado.
Segundo as últimas notícias, minha querida Fada Azul está trabalhando a todo vapor :-) Então podemos todos dormir muito tranquilos, pois nosso mundo está sendo bem cuidado por mãos de fada. Com muito amor.