Olá!

Aqui você encontra vários tipos de textos. São reflexões, introspecções, filosofadas e relatos, tudo sob a luz do mosaico. Desejo inspirar você com a mesma arte que me inspira.

Se quiser conhecer os mosaicos que faço, visite minha fanpage "Lucano Mosaico" no Facebook, onde há fotos de tudo o que já foi feito por mim. :-)

Se deseja adquirir um mosaico, visite minha Loja Online no site Etsy (clique AQUI).

Para entrar em contato comigo basta deixar um comentário aqui no Blog. Você também pode entre em contato pelo e-mail: avertamatti@yahoo.com ou interagir no Facebook.

Os protetores.

    Já havia um tempo que eu sabia da existência de uma rede de pessoas protetoras de animais aqui na região. Quando travei o primeiro contato fiquei pasma com a capacidade que essas pessoas tem de suplantar obstáculos. Não acontece com elas o que acontece comigo de sentir uma impotência sem tamanho diante de um animal abandonado. Elas dão nó em pingo d´água e não desistem de encontrar uma solução, leve o tempo que for. Naquela ocasião perguntei se podia ajudar de alguma forma. Disseram-me que de quando em quando acontecia um bingo com a finalidade de arrecadar dinheiro para os cuidados veterinários da bicharada de rua. Essas pessoas são discretas e não saem por aí alardeando seus feitos ou chorando as pitangas. De forma que só fui ouvir falar delas novamente quando chegou a ocasião do bingo. Eu não poderia ir, mas queria dar minha participação. Perguntei se poderia doar uma peça para ser prenda de alguma rodada. Aceitaram e achei que o mais pertinente era um porta chaves temático que havia feito.
    Fui levar a peça e nas conversas cujo tema foi unicamente o bem-estar dos bichos da região, fiquei atônita em constatar que eu não imaginava a dimensão dos problemas que acontecem por aqui. Mas também aprendi que a solução dos problemas existe, basta começar a agir. Aí tudo se encaixa aos poucos e acontecem desfechos felizes ou nem tanto, mas ainda assim muito bons considerando o contexto. Concluí que o maior problema dos animais são os humanos e sua forma obtusa de entender a existência. Quanto a isso, não há arrecadação de bingo que dê jeito.
    No final da conversa ainda surgiu um pedido: um porta chaves como aquele, mas com a figura de uma cachorro. Fiquei feliz, lisonjeada e tocada e ouvi que se todos ajudarem uns aos outros, tudo fica melhor. Alguém discorda?
    O melhor de tudo para mim foi saber que existem pessoas assim. Dentre tantas adversidades, os motivos para termos esperanças ainda são maiores.


Um comentário:

  1. Acho muito importante que existam pessoas que se preocupam em ajudar os bichinhos, e lindo o trabalho delas. É uma das minhas vontades, poder ajudar de alguma forma os fofos que vejo nas ruas, o que posso fazer eu faço (dou água pra cachorrinho na rua, comprei um pão no tiozinho que passa na rua do meu trabalho e dei pro cachorrinho que tava na cola dele)... mas ainda acho que é pouco, preciso fazer algo mais, e não sei como ajudar...

    ResponderExcluir

Olá! Tenho muito interesse em saber a sua opinião sobre esta postagem. Obrigada pela sua visita!