Olá!

Aqui você encontra vários tipos de textos. São reflexões, introspecções, filosofadas e relatos, tudo sob a luz do mosaico. Desejo inspirar você com a mesma arte que me inspira.

Se quiser conhecer os mosaicos que faço, visite minha fanpage "Lucano Mosaico" no Facebook, onde há fotos de tudo o que já foi feito por mim. :-)

Se deseja adquirir um mosaico, visite minha Loja Online no site Etsy (clique AQUI).

Para entrar em contato comigo basta deixar um comentário aqui no Blog. Você também pode entre em contato pelo e-mail: avertamatti@yahoo.com ou interagir no Facebook.

O mosaico de Garnethill.

Próximo ao centro de Glasgow há um praça que parece aprazível. A tarde que já virava noite não era assim tão agradável. Fazia frio, ventava e uma chuva fraca diminuía aos poucos a vontade de explorar outros cantos da cidade. Mas no fundo daquela praça um muro escondido atrás das árvores chamou a atenção. Chegando perto a constatação: um mural de mosaico com cara de abandonado. Sujo, tesselas faltando, sugeria ter sido feito para celebrar alguma coisa.


Ele parece parado no tempo...

...a sujeira tirando o o brilho das cores...

...a falta de manutenção não deixa a história ser contada.

O piso também foi trabalhado...

...e quase passa despercebido...

...sem olhar atento quase não se distingue o que vai sob os pés.

Numa mistura de alegria, por ter encontrado o mosaico, e pena, pelo seu abandono, anotei o nome do lugar para pesquisar qualquer informação sobre o mural. Encontrei uma página toda dedicada ao lugar que nem sempre foi aquela praça que eu via.

Aquele mural de mosaico e o calçamento em frente dele foram feitos em 1978. Não comemoraram nada de especial, como era o meu palpite, mas foram as primeiras obras em mosaico em grande escala em um ambiente externo da Escócia. O projeto foi iniciado e dirigido por John Kraska, junto com os artistas Irene Keenan e Tomy Lydon. Jovens e crianças da localidade também participaram do projeto fazendo desenhos e pinturas que serviram de base para o projeto final. Para sua confecção foram usados cerâmica e vidro. A instalação foi feita na parede de um prédio construído em 1899, ao lado de uma quadra de esportes.

Ao longo dos anos todo o entorno sofreu transformações. Em determinado momento a comunidade local sentiu necessidade de unir-se para defender e proteger o mosaico que poderia ser perdido caso o prédio em cuja parede ele estava instalado fosse demolido. Uma campanha árdua e persistente resultou na integridade do mural garantida pela Câmara Municipal.

Em 1990 o artista alemão Dieter Magnus, junto com o instituto Goethe de Glasgow, desenvolveu um novo design para o local, que resultou na praça que existe hoje. Infelizmente, durante as obras, parte do piso de mosaico, que originalmente tinha 6 metros, foi destruída.
Foto de J.Kraska/1978. Confecção do piso em mosaico. Parte do piso foi destruída em 1991.

Foto J.Kraska/1979. Mural de mosaico concluído junto a quadra de esportes onde hoje é uma praça.
No início de 2007, o idealizador do mural John Kraska pediu ajuda ao conselho da comunidade para o restauro. Um sub-conselho foi criado a fim de vislumbrar formas para se levantar fundos não apenas para a restauração do mosaico, mas também para outros reparos necessários na praça. Consta que alguns consertos foram feitos, mas é evidente que hoje ainda há muito o que se fazer.

Você pode ler sobre a história deste mural e do lugar onde ele se encontra na página www.tones.demon.co.uk/garnethillpark . A última atualização é de 2009 e na ocasião John Kraska disponibilizava seu e-mail pessoal para quem quisesse contribuir com a recuperação do mosaico.

Ainda que não esteja no esplendor da sua forma, este mosaico de 37 anos ajuda a contar a história da comunidade onde ele nasceu. Os mosaicos são feitos para durar e assim testemunham (e por vezes conduzem) os nossos passos. Isso é de uma poesia imensa para mim. Até a próxima!

2 comentários:

  1. Muito interessante. Você sempre nos presenteando com seus ricos textos e conhecimento ...

    ResponderExcluir
  2. Adriana, eu adorei conhecer um pouquinho mais desta arte que tanto nos encanta. Você foi genial, resgatou a história do local e nos presenteou com estas fotos e tais registros também agregam-se a todo este cenário. Grande beijo!

    ResponderExcluir

Olá! Tenho muito interesse em saber a sua opinião sobre esta postagem. Obrigada pela sua visita!