Olá!

Aqui você encontra vários tipos de textos. São reflexões, introspecções, filosofadas e relatos, tudo sob a luz do mosaico. Desejo inspirar você com a mesma arte que me inspira.

Se quiser conhecer os mosaicos que faço, visite minha fanpage "Lucano Mosaico" no Facebook, onde há fotos de tudo o que já foi feito por mim. :-)

Se deseja adquirir um mosaico, visite minha Loja Online no site Etsy (clique AQUI).

Para entrar em contato comigo basta deixar um comentário aqui no Blog. Você também pode entre em contato pelo e-mail: avertamatti@yahoo.com ou interagir no Facebook.

A praça Kirsten-Heisig e seus ornamentos de mosaico.

A praça Kirsten-Heisig fica em uma parte muito bonita do bairro Neukölln. Ela é pequena e se perguntasse para mim eu nem diria que é uma praça, mas o que importa aqui é que nela há belos ornamentos revestidos de mosaico.

De um lado vê-se duas poltronas e uma escultura. Gostei das poltronas e AMEI a escultura, que traz um movimento muito bonito e detalhes encantadores.


As duas poltronas vistas pela parte de trás e em segundo plano a escultura.




A escultura mescla o mosaico com o cimento queimado. Fiquei apaixonada pelas cores e para mim remete à figura do sol.


Detalhe da escultura. Equilíbrio entre área revestida e cimento aparente.

No outro lado da praça, atravessando a rua, estão mais duas poltronas maiores e toda a mureta do jardim ornamentada em mosaico. Minha paixão foi pela mureta (desculpe mais uma vez, poltronas!). Talvez seja porque adoro vermelho, talvez porque adoro como as fomas casaram com o mosaico, talvez porque adoro mosaico em áreas de jardim.

Em primeiro plano as poltronas e ao fundo a mureta do canteiro.

Parte de frente de uma das poltronas.



Vista da mureta do canteiro. Veja como o desenho do mosaico flui junto com a sinuosidade da sua base.
 Não consegui obter nenhuma informação sobre que confeccionou estas obras. Pena. Mosaico sem autor é como goiabada sem queijo ou amor sem beijo.

Tirando isso, fico feliz em poder mostrar como o mosaico pode ser inserido numa cidade, como pode fazer parte da vida das pessoas e como isso pode alimentar nossa fome de beleza. Imagine essa pequena praça durante os meses de inverno. Não há verde, todas as árvores e todos os arbustos perdem as folhas. A luz é pouca, tudo acinzenta. Visualizando isso, é possível perceber o impacto dessa arte neste contexto. Estes mosaicos serão uma fonte de cor (uma das poucas) naquele espaço e terão um impacto relevante em quem passa por ali, transmitindo calor e esperança de que tudo voltará à vida no tempo certo. 


Um comentário:

  1. Olá, Adriana! Que imenso prazer foi receber a sua visita!
    Pelo texto que publicou concluo que continua a viver na Alemanha (Berlim?).
    Sabe, a Alemanha é o meu país de eleição na Europa - depois de Portugal, evidentemente - e todos os anos fazemos um tour pelas suas cidades. Este ano tínhamos programado explorar pequenas cidades na Baviera, mas, depois do atentado decidimos ficar na Península Ibérica, percorrendo Espanha. Foi bom! Mas sinto falta do meu mergulho anual na Alemanha.
    Espero que esteja bem, trabalhando e produzindo e bem integrada na cultura alemã, Uma pergunta:
    - Já fala alemão?

    Beijinhos da Nina

    ResponderExcluir

Olá! Tenho muito interesse em saber a sua opinião sobre esta postagem. Obrigada pela sua visita!