Olá!

Aqui você encontra vários tipos de textos. São reflexões, introspecções, filosofadas e relatos, tudo sob a luz do mosaico. Desejo inspirar você com a mesma arte que me inspira.

Se quiser conhecer os mosaicos que faço, visite minha fanpage "Lucano Mosaico" no Facebook, onde há fotos de tudo o que já foi feito por mim. :-)

Se deseja adquirir um mosaico, visite minha Loja Online no site Etsy (clique AQUI).

Para entrar em contato comigo basta deixar um comentário aqui no Blog. Você também pode entre em contato pelo e-mail: avertamatti@yahoo.com ou interagir no Facebook.

Amor maior.

    O dia ontem foi marcado por muito afeto para a maioria das pessoas. Mesmo que para alguns, junto ao carinho, venha também muita saudade, creio que exista um denominador comum: o sentimento de que somos muito sortudos. Nascemos de uma escolha corajosa de pessoas que têm amor sobrando.
    Cada um à sua maneira, podemos experimentar uma experiência única que é a de ser filho. Trata-se de um privilégio milimetricamente calculado pela natureza. Surgimos neste mundo dependentes, bagunceiros e barulhentos e somos acalantados. Depois vamos ficando mau humorados, ingratos, temperamentais e ainda assim mais e mais nos é dado. Que coisa sublime esta invenção do amor incondicional! Por mais que sejamos falhos sempre há disposição em nos entender e em nos perdoar. Diga se não é uma coisa de outro mundo ter alguém que te apoie e que torça por você independente das suas escolhas? Não, é deste mundo mesmo, o que torna tudo ainda mais especial.
    Ser filho é ter a chance de aprender lições muito valiosas por meio do amor e não do sofrimento. Aquele dito plano da natureza, lá pelas tantas, nos faz amadurecer para que possamos entender, ainda que teoricamente, a dimensão de um amor transcedental. Passamos, então, a cuidar melhor deste vínculo único. Isto envolve algo muito importante chamado gratidão, que seria aqui uma mistura de muito amor e felicidade ao perceber que se podemos desfrutar da vida que desejamos é porque alguém trilhou um caminho antes de nós.
    Como retribuir tudo isso? Bem, nada material contempla algo desta magnitude. Acredito que a melhor forma de agradecimento é ser feliz, pois toda aquela dedicação tem neste fato a sua meta. Nós filhos podemos agradecer sendo pessoas realizadas e alegres, capazes de compartilhar o amor que recebemos. Podemos buscar nossa evolução individual de maneira contínua e, desta forma, ajudar a melhorar nosso meio de convívio. Esta é a verdadeira continuidade das gerações. Muito mais do que multiplicar o código genético é construir efetivamente sociedades melhores e perceber que isto é possível graças à escolha, à dedicação e ao amor de alguém que um dia decidiu se tornar pai.


Um comentário:

  1. Acredito que ser feliz é parte da gratidão, pois com o passar dos anos aqueles que eram fortes e que lutavam por você já não são tão fortes e já não lutam tanto. Desta forma, a inversão de papeis é de praxe, agora e mais a cada dia o que dependia se torna autônomo e o que era independente se torna subordinado pelas limitações do corpo físico. Mas o que fazer neste caso? Oras, à medida que a inversão se completa, o amor incondicional também tem que começar a agir e assim, agora é a nossa vez de entender, de ajudar, de sucumbir as dificuldades experimentadas, estando cientes de que a nossa hora, de nos tornar dependentes novamente, também chegará e ai esta o ciclo da vida, uns iniciando a sua caminhada, afoitos, arrojados, aventureiros, outros na meia idade entendendo uma série de coisas que antes não fazia o menor sentido e outros ainda no final, possuidores de uma bagagem universal de conhecimentos e sem muita paciência e condições físicas para desfrutar de tudo isto. Essa é a vida. Se este é o caminho que temos que trilhar e se é uma forma inteligente de caminhar eu não sei, afinal, não fui eu quem determinou que tudo ocorresse nesta ordem. Todavia, não temos como mudar a ordem, só nos resta viver a vida da forma como ela nos presta e mais tarde, quando nos tornarmos energia novamente espero que tenhamos, pelo menos, a visão mais ampliada, passando a ver o todo em vez do pequeno espaço que observamos hoje.

    ResponderExcluir

Olá! Tenho muito interesse em saber a sua opinião sobre esta postagem. Obrigada pela sua visita!