Olá!

Aqui você encontra vários tipos de textos. São reflexões, introspecções, filosofadas e relatos, tudo sob a luz do mosaico. Desejo inspirar você com a mesma arte que me inspira.

Se quiser conhecer os mosaicos que faço, visite minha fanpage "Lucano Mosaico" no Facebook, onde há fotos de tudo o que já foi feito por mim. :-)

Se deseja adquirir um mosaico, visite minha Loja Online no site Etsy (clique AQUI).

Para entrar em contato comigo basta deixar um comentário aqui no Blog. Você também pode entre em contato pelo e-mail: avertamatti@yahoo.com ou interagir no Facebook.

Privilégio de alguns.

    Céu azul e sol no volume máximo. O contraste entre a suave nebulosidade alta e as nuvens baixas criava a sensação de que o pé direito da atmosfera era muito maior. Esta foi a moldura para um dia de reencontros. Uma reunião de consideração, admiração, afeto e merecimento. Absolutamente todos estavam presentes. Todos. Nem sequer um agregado faltou e nos reunimos em celebração ao aniversário da integrante mais antiga do clã. A comemoração foi muito além da sua trajetória, alcançar uma marca de anos vividos que ultrapassa a média da expectativa de vida dos habitantes deste país. Comemoramos o agradecimento. Devemos muito da configuração atual de nossas vidas àqueles que nos precederam. E é incrível o que acontece quando um grupo de pessoas se reúne com um objetivo em comum: tudo flui, tudo dá certo e o melhor de cada um vem incrivelmente à tona.
    Sem dúvida que o foco era a aniversariante octagenária, mas, perdão pelo "trocadalho", todos fomos presenteados ao experimentar a felicidade dos que amamos. Poucas sensações nesta vida são tão verdadeiras e fortes. Pouca coisa pode se equiparar a isto. Irmãos novamente juntos relembrando e renovando. Cunhados, primos, tios, sobrinhos, netos, sobrinhos-netos, filhos. Em um momento, diversidade total, em outros, traços de semelhança incontestes.
    A frase feita que diz que ao conhecer nosso passado entendemos melhor o presente é totalmente verdade. Por exemplo, pela primeira vez vi fotos de um avô que não cheguei a conhecer. Em uma delas ele segurava um gatinho no colo! Foi daí para mais.
    São momentos assim que nos lembram com muita clareza o que estamos fazendo aqui. Isto é muito necessário pois nos perdemos com facilidade em coisas menores, piores e descartáveis. É preciso prestar muita atenção nestas oportunidades porque elas são únicas e não temos a menor idéia se voltarão a acontecer. Por enquanto está tudo muito bem desta maneira, mesmo com a incerteza.
    Vida longa a todos nós! Envelhecer é um privilégio. Que a energia densa e palpável que foi gerada por este grupo continue em cada um de nós e que se multiplique.
    Dias com céu esplendoroso não nascem por acaso.



    Especial para a Tia Cida, mulher de muita fé que tem a certeza de que jamais estará sozinha.

    Um agradecimento gigantesco ao Anselmo por toda a trabalheira em organizar tudo e intimar a todos. Foste a personificação de uma frase que ouvi de um professor: "viver bem dá trabalho e não temos problema nenhum com isso". Arrasou!

4 comentários:

  1. Excelente post para uma excelente homenagem. Fiquei quieto (até demais) no meu canto mas isso só serviu para observar em detalhes como a celebração foi condizente com o momento. Não é qualquer um que chega aos 8.0, nem quem consiga realizar uma festa e-xa-ta-men-te como a aniversariante queria.

    ResponderExcluir
  2. Mais uma vez os meus agradecimentos, pois o mérito é de quem, de alguma forma, contribuiu para que a festa se realizasse. Mesmo quem contribuiu só com a presença, contribuiu de uma forma inestimável para que a engrenagem não deixasse de se movimentar. Assim, qualquer trabalho realizado não tem lugar certo se todas as engrenagens das peças não se movimentarem no sentido correto. Todos contribuíram, todos fizeram a diferença, todos se movimentaram para que tudo aquilo ocorresse e é por isto que foi bom do jeito que foi. Grato pelo empenho de todos.

    ResponderExcluir
  3. Que privilégio o teu, fazer parte de tal clã, coisa rara e preciosa, em que 3 são de mais e descartamos facilmente afetos.
    Muito comovente.
    E é claro que explica e desmonta o presente, explicando e desmontando a pessoa linda que és.
    Um grande beijo da Nina

    ResponderExcluir
  4. Verdade, querida?
    Sabe, então, que não exagero.
    Beijo da Nina

    ResponderExcluir

Olá! Tenho muito interesse em saber a sua opinião sobre esta postagem. Obrigada pela sua visita!